Blog da Rede Nacional de Clubes Ciência Viva

Este é um espaço de exclusiva partilha e autoria dos Clubes Ciência Viva na Escola.
Participe e faça publicações sucintas.



Actividade

Dia da Ci√™ncia ¬Ė um dia especial


No passado dia 10 de janeiro, decorreu na Escola B√°sica de Freixo a comemora√ß√£o do Dia da Ci√™ncia. O que pensamos? Este dia foi o culminar de muito trabalho de colabora√ß√£o entre alunos das turmas do 9.¬ļano de escolaridade e os seus professores. A partir de uma vontade dos alunos, criou-se um DAC (dom√≠nios de autonomia curricular), relativa ao tema ¬ďComunicar Ci√™ncia/Dia da Ci√™ncia¬Ē, uma op√ß√£o curricular de trabalho interdisciplinar e ou articula√ß√£o curricular, cuja planifica√ß√£o foi elaborada em Conselho de Ano, identificando as disciplinas envolvidas e a forma de organiza√ß√£o. Deste DAC, surgiu a ideia de uma investiga√ß√£o com tema ¬ď70 alunos¬Ö70 cientistas¬Ē, a dinamiza√ß√£o dos laborat√≥rios de Matem√°tica, F√≠sica e Qu√≠mica, Ci√™ncias Naturais e Geografia, como espa√ßos privilegiados de ¬ďfazer ci√™ncia¬Ē e a elabora√ß√£o de um peddy paper que envolvesse desafios de todas as √°reas da ci√™ncia. Como fizemos? Cada aluno do 9.¬ļ ano investigou um cientista/inventor que marcou a hist√≥ria da ci√™ncia, e como resultado criaram uma obra art√≠stica da cada um desses cientistas. Os alunos quiseram ir mais longe¬Ö e foram. Criaram uma obra de arte por turma, com os cientistas investigados. Quatro pain√©is que perdurar√£o por muitos anos na Escola B√°sica de Freixo. A ambi√ß√£o dos alunos e professores n√£o ficou por aqui. Quisemos dar mais um passo. E demos. Convidamos duas cientistas portuguesas, com destaque e carreira nacional e internacional, para falarem com os nossos alunos. Assim, tivemos de manh√£ a Doutora Joana Moscoso, microbi√≥loga, especialista no estudo de bact√©rias. De tarde a Doutora Maria Mota, considerada uma das melhores cientistas da atualidade na √°rea da Mal√°ria. Neste dia foi tamb√©m programado um peddy paper para os alunos do 5.¬ļ e 6.¬ļ ano de escolaridade e estiveram abertos os laborat√≥rios de Ci√™ncia 4.0 da nossa escola, sala da Matem√°tica e Clube de Meteorologia. Foi um dia animado, contagiante, vibrante. Dia de mexer, conhecer, interagir, comunicar. Um dia que mostra o que √© uma ESCOLA. Um dia de oportunidades. No AEFreixo, ¬ďAntecipamos o Futuro¬Ē!

Ler mais
Actividade

Encontros de Ciência com o Professor Doutor Carlos Fiolhais


No √Ęmbito da Rede de Clubes Ci√™ncia Viva na Escola, o Professor Doutor Carlos Fiolhais foi o convidado da Escola Portuguesa de S√£o Tom√© e Pr√≠ncipe - CELP, para a dinamiza√ß√£o de diversos encontros de ci√™ncia dirigidos √† comunidade escolar e √† sociedade civil de S√£o Tom√© e Pr√≠ncipe.

Ler mais
Actividade

Visita a bordo do navio NRP Zaire


No √Ęmbito do Clube Ci√™ncia Viva EPSTP-CELP em parceria com o Clube Europeu e inserida no tema de Projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular ¬ďBa√≠as de S√£o Tom√©¬Ē, os alunos do 8¬ļano de escolaridade embarcaram numa visita a bordo do navio NRP Zaire com o apoio da Marinha Portuguesa e Guarda Costeira de S√£o Tom√© e Pr√≠ncipe.

Ler mais
Actividade

A memória da ervilha


A ervilha (Pisum sativum L.) √© uma planta trepadeira que possui √≥rg√£os especiais designados por gavinhas que se fixam a um suporte durante o crescimento da planta. Se, por exemplo, existir nas proximidades apenas uma estaca a cerca de 30 cm de dist√Ęncia, a ervilha, com as suas extremidades e √† medida que vai crescendo em altura, ir√° procurar durante uns dias a localiza√ß√£o dessa estaca para se fixar. O objectivo desta investiga√ß√£o √© o de tentar perceber se depois das gavinhas serem soltas da estaca pelos alunos, a planta ultrapassa novamente o desafio ambiental de uma forma mais r√°pida e directa do que da primeira vez. Se isso acontecer, ent√£o, o estudo poder√° demonstrar que as ervilhas podem memorizar a posi√ß√£o exacta dessa estaca. As experi√™ncias ser√£o replicadas no m√≠nimo tr√™s vezes e filmadas em v√≠deo.

Ler mais
Actividade

Janela fotoactiva


O objetivo deste projeto é o de construir um protótipo inovador de uma janela capaz de transformar energia luminosa em energia eléctrica graças a moléculas fotoactivas retiradas de especiarias como o açafrão das índias.

Ler mais
Actividade

Visita de estudo a Lisboa


Visita de estudo ao Ocean√°rio, ao pavilh√£o de conhecimento e ao teatro Lu√≠s de Cam√Ķes. Participaram nesta visita os alunos das turmas 10¬ļ A, 10¬ļ B, 10¬ļ C, 10¬ļ E e 10¬ļ G. Objetivos: - Fomentar o interesse pela aprendizagem. - Contribuir para a aquisi√ß√£o e consolida√ß√£o de compet√™ncias e conhecimentos. - Refor√ßar a componente l√ļdica no processo ensino-aprendizagem. - Promover a interdisciplinaridade (Matem√°tica, Biologia, F√≠sica e Qu√≠mica). - Incrementar o esp√≠rito de pesquisa. - Contribuir para formar nos alunos a consci√™ncia de sustentabilidade. - Possibilitar aos alunos a constru√ß√£o do seu pr√≥prio saber. - Promover o pensamento cr√≠tico. - Desenvolver conhecimentos em √°reas n√£o formais. - Desenvolver compet√™ncias pessoais e sociais.

Ler mais
Actividade

Curso Avançado sobre Evolução Humana


O conceito de Estudos Avan√ßados refere-se a um ensino intensivo de conceitos avan√ßados em √°reas delimitadas do conhecimento. O ensino est√° organizado em cursos avan√ßados com a dura√ß√£o de dez semanas, com um total de 30 horas por curso. Os cursos s√£o ministrados por jovens cientistas de sucesso, que desafiam alunos e professores do ensino secund√°rio ou b√°sico a aprenderem, interativamente, principalmente no laborat√≥rio, em cen√°rios de investiga√ß√£o cient√≠fica, os conceitos cient√≠ficos mais interessantes do conhecimento moderno, e como esse conhecimento √© adquirido. Foi criado na escola um laborat√≥rio, equipado com os instrumentos b√°sicos para oferecer ensino experimental. Os cursos avan√ßados ocorrem neste laborat√≥rio. Em cada curso, dez alunos e dois professores do ensino secund√°rio ou b√°sico t√™m oportunidade de utilizarem as novas tecnologias da Ci√™ncia no laborat√≥rio. Alunos e professores aprendem a ser seletivos nas suas abordagens a problemas cient√≠ficos, a ser objetivos e a utilizar uma linguagem de rigor cient√≠fico. Em atividades paralelas aos cursos, alunos e professores frequentam confer√™ncias que decorrem de Outubro a Maio de cada ano , nas escolas. Para as confer√™ncias s√£o convidados cientistas das √°reas da Ci√™ncia, da Educa√ß√£o, da Sa√ļde e das Ci√™ncias Sociais.

Ler mais
Actividade

TRADI√á√ēES ALIMENTARES


No √Ęmbito do tema das tradi√ß√Ķes alimentares, os alunos do Clube CV das turmas do 9¬ļ ano da Escola Nuno Gon√ßalves mostraram interesse em explorar sobremesas com gelatinas e questionaram por que raz√£o alguns frutos impedem a sua gelifica√ß√£o. Partindo destes interesses e curiosidades, os alunos come√ßaram por clarificar e definir a quest√£o que pretendiam investigar: Qual a influ√™ncia da esp√©cie de fruto na gelifica√ß√£o da gelatina? Seguidamente, orientados por esta quest√£o, selecionaram os materiais, elaboraram e concretizaram um protocolo experimental que respondesse √† quest√£o e, no final, analisaram e partilharam os resultados obtidos com os colegas das respetivas turmas. Na sequ√™ncia da discuss√£o dos resultados alcan√ßados, formularam nova quest√£o: De que modo o tipo de gelatina e de frutos influenciam a gelifica√ß√£o da gelatina? Orientados por esta nova quest√£o, voltaram a selecionar o material adequado e elaboraram/concretizaram um novo protocolo experimental. Por fim, analisaram e partilharam os resultados com os colegas, √† semelhan√ßa do que j√° tinham feito. Este trabalho foi interrompido pelo encerramento da escola a 13 de mar√ßo, embora os alunos ainda tenham deixado o plano de trabalho relativo √† √ļltima quest√£o formulada, na sequ√™ncia dos resultados obtidos: Qual a influ√™ncia da temperatura na a√ß√£o que o anan√°s tem sobre a gelatina? Estes trabalhos podem ser consultados no padlet anexo a este post.

Ler mais
Actividade

Macroinvertebrados Bentónicos: Biondicadores da qualidade da água


No dia 13 de janeiro de 2021, os alunos do 8¬ļA e 8¬ļB, assistiram ao Workshop ¬ďMacroinvertebrados bent√≥nicos: biondicadores da qualidade da √°gua¬Ē, realizado pelo Bi√≥logo F√°bio Faria. Devido √†s circunst√Ęncias atuais de pandemia, esta atividade ¬ďtransportou¬Ē os alunos para o rio, ainda que dentro da sala de aula. Estes tiveram a oportunidade de se familiarizarem com as esp√©cies vegetais aut√≥ctones, caracter√≠sticas das margens e do leito dos rios portugueses, reconhecendo a import√Ęncia das mesmas para os ecossistemas fluviais.

Ler mais
Actividade

De cabeça na Lua - Um piquenique ao luar


Este evento inseriu-se nas Comemora√ß√Ķes dos 50 anos da alunagem. Destinou-se a todos os alunos do 7.¬ļ ano de escolaridade do Agrupamento e foi dinamizada pelos professores do clube CarMic. Participaram 27 alunos e cerca de 60 encarregados de educa√ß√£o e familiares. Teve como principais atividades: - workshop de bolachinhas fases da Lua; - jogo utilizando o Merge Cube e tablets com a aplica√ß√£o Galactic Explorer; - desafio sobre os conhecimentos dos alunos em rela√ß√£o ao Sistema Solar utilizando um kahoot; - piquenique ao luar; - palestra; - observa√ß√£o noturna da Lua.

Ler mais
Actividade

A F√°brica dos Nutrientes


Atividade experimental no Centro de Ci√™ncia Viva de Vila do Conde. Propomos uma viagem pelo mundo da ind√ļstria alimentar e da biotecnologia. Os visitantes ter√£o a oportunidade de contactar com alguns processos de transforma√ß√£o e de conserva√ß√£o dos alimentos como, por exemplo, a destila√ß√£o, a fermenta√ß√£o e a pasteuriza√ß√£o.

Ler mais
Actividade

Exposi√ß√£o _Da minha escola vejo o Universo_ na Biblioteca Municipal de √Āgueda


Esteve patente ao p√ļblico, desde o in√≠cio de janeiro de 2020, na Biblioteca Municipal Manuel Alegre, em √Āgueda, uma exposi√ß√£o sobre Astronomia intitulada "Da minha Escola vejo o Universo". Esta exposi√ß√£o organizada pelo Clube de Ci√™ncia Viva do Agrupamento de Escolas √Āgueda Sul, e se encontra distribu√≠da ao longo da escadaria dos tr√™s pisos do edif√≠cio. Este trabalho visa a promo√ß√£o da literacia cient√≠fica da comunidade aguedense, procurando desmistificar conceitos, e mostrar o trabalho cient√≠fico que se realiza hoje nas nossas escolas.

Ler mais
Actividade

Preven√ß√£o prim√°ria do cancro ¬Ė visita de estudo ao LIP


No √Ęmbito do projeto de Cidadania e Desenvolvimento e em articula√ß√£o com o tema do PES ¬ď sensibiliza√ß√£o da popula√ß√£o para a preven√ß√£o prim√°ria do cancro¬Ē, os alunos do 11.¬ļ ano do curso Ci√™ncias e Tecnologias da ESJD de Ovar realizaram uma visita de estudo √†s instala√ß√Ķes da L.P.C.C. e desenvolveram uma atividade laboratorial, no LIP (laborat√≥rio de Investiga√ß√£o Pedag√≥gico), relacionada com o teste Papanicolau que tem como principal objetivo a dete√ß√£o precoce do cancro do colo do √ļtero (provocado maioritariamente pelo v√≠rus HPV). A atividade culmina com a apresenta√ß√£o on-line √† comunidade educativa.

Ler mais
Actividade

Workshop com robots


Os alunos do 3¬ļ ciclo constru√≠ram robots e programaram-nos para realizar uma s√©rie de tarefas durante as aulas de F√≠sico-qu√≠mica. https://youtu.be/MIpfEQZXcZk

Ler mais
Actividade

Percursos pedestres


Pelo menos uma vez por mês os alunos do Clube Ciência Viva/Clube do Ambiente fazem percursos pedestres com o objetivo de observar a flora local e a fauna ou vestígios desta. Nesses percursos tiram fotos, fazem registos e recolhem elementos naturais como sementes, pinhas roídas por esquilos, pedaços de cortiça, pinhas de pinheiro manso e do bravo, etc. Estes materiais são depois catalogados para fazerem parte da exposição a criar na futura sala do Clube Ciência Viva.

Ler mais







rede logo
rede logo
rede logo
rede logo
rede logo
rede logo
rede logo
rede logo
rede logo
rede logo