Blog da Rede Nacional de Clubes Ciência Viva

Este é um espaço de exclusiva partilha e autoria dos Clubes Ciência Viva na Escola.
Participe e faça publicações sucintas.



Actividade

Clube CLIC- Conhecimento, imaginação e criatividade do CEAN

Ler mais
Actividade

PROJETO CIÊNCIA NA ESCOLA 2019/20


A experi√™ncia √© a m√£e de todo o conhecimento. √Č com base neste lema que o Clube organiza semanalmente um conjunto de actividades experimentais para todos os alunos do pr√©-escolar e primeiro ciclo do Agrupamento de Escolas de Mira.

Ler mais
Actividade

Clube CLIC- Conhecimento, imaginação e criatividade do CEAN


Semana temática dedicada à ciência e ambiente em Campo Maior. Inovação em confinamento para valorização do trabalho da comunidade educativa

Ler mais
Actividade

Painel do Clube de Ciência Viva na Escola * Mira


O nosso clube tem duas vertentes: produ√ß√£o de conhecimento cient√≠fico e divulga√ß√£o da ci√™ncia. Nesta perspectiva, foi criado um painel, √† entrada do nosso clube, onde s√£o fixados os relat√≥rios dos projetos cient√≠ficos desenvolvidos pelos alunos e s√£o apresentadas not√≠cias de Ci√™ncia ou an√ļncios de palestras realizadas na escola.

Ler mais
Actividade

Sabonetes no Clube da Ciência


Fazer sabonetes de glicerina √© f√°cil, divertido e educativo! N√£o basta derreter a glicerina. √Č preciso misturar alguns corantes para obter a cor desejada . Temos procurado associar cor e aroma tamb√©m n√£o tem sido dif√≠cil e, geralmente, todos os alunos do Clube da Ci√™ncia est√£o de acordo com as escolhas que temos feito. Ao odor da alfazema associ√°mos a cor lil√°s; √† tangerina a cor laranja; √† erva cidreira o verde, ao morango o vermelho e ao aroma ¬ď Brisa marinha¬Ē associ√°mos a cor azul claro. A forma dos sabonetes depende dos moldes que temos: cora√ß√Ķes, borboletas,flor, joaninhas, carinhas de gato, etc. Vamos continuar a experimentar!

Ler mais
Actividade

XI Conferencia Polar Portuguesa de Ciências Polares


O ECB esteve representado na comiss√£o organizadora do Workshop, em parceria com a Universidade de Coimbra, o MARE e a APECS PT, sendo um reconhecimento pelo trabalho educativo realizado no √Ęmbito das regi√Ķes Polares, e colocando o ECB como exemplo a seguir, n√£o apenas a n√≠vel nacional mas tamb√©m internacional. Destaca-se a intera√ß√£o entre a investiga√ß√£o e a educa√ß√£o, o painel de debate, com o ECB e institui√ß√Ķes de grande renome cientifico a n√≠vel internacional, como o BAS (British Antarctica Survey), o IASC (International Arctic society Committe), Centre d¬íEtudes Biologiques de Chiz√© e a APECS International (Association of polar early career scientists)

Ler mais
Actividade

Dia Escola Azul ECB


Momento de celebra√ß√£o aberta a toda a comunidade escolar e lan√ßamento do projeto e desafios no √Ęmbito da protejo dos oceanos. Destaca-se a colabora√ß√£o do GLEE club e a vinda de representantes da EB2, permitido mais uma vez fortalecer as liga√ß√Ķes entre grupos e escolas, refor√ßando a sua interajo com o meio. Foi tamb√©m estabelecida uma parceria entre a escola e a Doca Pesca, que se concretizou sobre a forma de palestra.

Ler mais
Actividade

AS SALINAS DE RIO MAIOR


No dia 23 de janeiro, os alunos do 3¬ļ ciclo que frequentam o Clube Ci√™ncia Viva no AENG, realizaram uma visita de estudo √†s Salinas de Rio Maior, para conhecimento, em contexto, de algumas tradi√ß√Ķes associadas √† utiliza√ß√£o e explora√ß√£o do sal, uma vez que estavam a trabalhar a conserva√ß√£o dos alimentos pelo sal. Para complementarem a informa√ß√£o, visitaram tamb√©m a Casa Senhorial, onde puderam observar testemunhos de tradi√ß√Ķes ainda mais antigas da regi√£o. Nesta visita, os alunos entrevistaram v√°rias pessoas, com atividade comercial na zona das Salinas, tendo posteriormente feito uma reportagem sobre as tradi√ß√Ķes do sal desta regi√£o. O v√≠deo pode ser consultado em anexo.

Ler mais
Actividade

ALIMENTAÇÃO


Os alunos do 9¬ļ ano pesquisaram tradi√ß√Ķes antigas, associadas √† conserva√ß√£o de alimentos por sal, a√ß√ļcar e vinagre, em diferentes regi√Ķes do pa√≠s. Pretendeu-se que eles conhecessem e valorizassem essas tradi√ß√Ķes, mas tamb√©m fossem capazes de organizar, com a orienta√ß√£o do professor, pequenas investiga√ß√Ķes, recorrendo ao trabalho experimental, por forma a fundamentarem cientificamente essas tradi√ß√Ķes. No final deste trabalho, os alunos dinamizaram um workshop para os colegas do 4¬ļ ano da Escola Victor Palla, para assinalarem o Dia Nacional de Divulga√ß√£o Cient√≠fica (24 de novembro) e divulgarem, junto da comunidade, o trabalho desenvolvido.

Ler mais
Actividade

Visita de estudo ao Pavilh√£o do conhecimento


Visita de estudo pavilh√£o do conhecimento para visitar as exposi√ß√Ķes ¬ďExplora¬Ē, ¬ďD√≥ing¬Ē e ¬ďPUM¬Ē. Foi ainda desenvolvida uma atividade de exterior no √Ęmbito da matem√°tica.

Ler mais
Actividade

Saída de Campo na Arrábida - Pedra da Mua e Gruta Colorida


Visita de estudo √† Serra da Arr√°bida para observa√ß√£o do patrim√≥nio geol√≥gico com identifica√ß√£o de rochas e outras estruturas geol√≥gicas assim como as rea√ß√Ķes qu√≠micas que permitem o aparecimento de f√≥sseis e minerais. Identifica√ß√£o de fauna e flora end√©mica. Esta visita teve como objetivos: promover o desenvolvimento sustent√°vel; motivar o interesse pelos espa√ßos naturais envolventes; estimular os alunos a agir, intervir e decidir, promover o ensino experimental das Ci√™ncias e desenvolver a literacia cient√≠fica da comunidade educativa.

Ler mais
Actividade

Dinamização de workshops, por elementos do clube, no Centro Hospitalar Barreiro- Montijo


Os professores e alunos do Clube Ciência em Ação foram dinamizar workshops sobre Ciência a crianças do Centro Hospitalar Barreiro-Montijo. Esta ação teve como objetivos promover a literacia científica. e estimular a criatividade. Todos os participantes gostaram bastante. Os alunos e professores do clube receberam um agradecimento da administração do Centro Hospitalar Barreiro- Montijo.

Ler mais

Episódios da história do nosso planeta gravados nas rochas


Nesta atividade de geologia urbana os alunos realizam uma saída de campo pelas ruas principais da vila com o objetivo de observar e identificar os fósseis do pavimento calcário, relacionando a sua formação destas rochas com o paleoambiente dos organismos que nelas se encontram fossilizados.

Ler mais

Observa√ß√£o de deforma√ß√Ķes nas rochas (falha)


Nesta atividade os alunos observaram aspetos relacionados com uma das manifesta√ß√Ķes do dinamismo da terra originada por tens√Ķes que afetam a sua forma e volume, identificando uma falha geol√≥gica, num afloramento localizado na regi√£o envolvente √† escola (Serra da Helena, em Cane√ßas).

Ler mais
Actividade

Sess√Ķes de Astronomia no Hemispherium viajante

Ler mais







rede logo
rede logo
rede logo
rede logo
rede logo
rede logo
rede logo
rede logo
rede logo