As aventuras continuam com os alunos envolvidos no Projeto da "Biodiversidade do Algarve Profundo".

No dia 10 de outubro de 2019, um grupo de alunos do 3° Ciclo, Secundário e Profissional partilharam uma aventura espeleológica à gruta do Ibn' Ammar, na Mexilhoeira da Carregação.
Visita sob coordenação técnica das Atividades de espeleologia do Centro de Estudos Subterrâneos, CES, Dr. Carlos Filipe e sob coordenação científica pela cientista Bioespeleóloga, Doutora Ana Sofia Reboleira, da Universidade de Copenhagen na Dinamarca.

No Algarve, as estigofaunas habitam águas que circulam nos maciços calcários, mais ou menos carsificados, o que, dada a facilidade com que esta circulação se processa pelos espaços amplos resultantes da dissolução da rocha, as expõe a um conjunto de potenciais agressões resultantes da alteração de parâmetros físico-químicos ambientais específicos.
Tratando-se de ecossistemas de características únicas, o seu "estado de saúde" é também um alerta para aquilo que poderá estar a passar-se à superfície.
O Algarve é um hotspot mundial de biodiversidade subterrânea e é importante que as novas gerações o saibam e contribuam para a sua preservação.